Archive for the ‘apt’ Tag

Controle de acesso com Squid e Dansguardian

Estou disponibilizando um tutorial baseado nos passos que realizo, para quem quiser realizar controle de acesso na sua casa.

Essa é uma ação necessária para realizar um filtro quando se possui crianças ou irmãos pentelhos em casa ou quando se quer realizar realmente um controle sobre o conteúdo acessado.
O controle será realizado com o Squid, e o Dansguardian.
A configuração pode ser realizada no servidor proxy de acesso, caso tenha um, ou no próprio Desktop.

Os passos são:

1 – Instalação do o Squid:

sudo install squid

2- Edite o arquivo de configuração do Squid:
sudo gedit /etc/squid/squid.conf

Deixe o conteúdo como descrito abaixo:

http_port 3128
visible_hostname NOME DO SEU PC

acl all src 0.0.0.0/0.0.0.0
acl manager proto cache_object
acl localhost src 127.0.0.1/255.255.255.255
acl SSL_ports port 443 563
acl Safe_ports port 80 # http
acl Safe_ports port 21 # ftp
acl Safe_ports port 443 563 # https, snews
acl Safe_ports port 70 # gopher
acl Safe_ports port 210 # wais
acl Safe_ports port 1025-65535 # unregistered ports
acl Safe_ports port 280 # http-mgmt
acl Safe_ports port 488 # gss-http
acl Safe_ports port 591 # filemaker
acl Safe_ports port 777 # multiling http
acl Safe_ports port 901 # SWAT
acl purge method PURGE
acl CONNECT method CONNECT

http_access allow manager localhost
http_access deny manager
http_access allow purge localhost
http_access deny purge
http_access deny !Safe_ports
http_access deny CONNECT !SSL_ports

acl redelocal src 192.168.1.0/24 #Aqui coloque de acordo com o seu IP e rede.
http_access allow localhost
http_access allow redelocal

http_access deny all

Passo 3 – Instalando o Dansguardian

sudo apt-get install dansguardian

Passo 4 – Configurando o Dansguardian

sudo gedit /etc/dansguardian/dansguardian.conf

Acrescente um # antes da palavra UNCONFIGURED na sétima linha aproximadamente.

Procure por “language =” e modifique o valor entre aspas para portuguese

Passo 5 – Reiniciando os serviços
sudo /etc/init.d/squid restart
sudo /etc/init.d/dansguardian restart

Pronto! O Dansguardian está funcionando e estará também configurado em toda inicialização do sistema.

Passo 6 – Configurando o Firefox ou criando um proxy transparente

Vá no menu Editar > Preferências > Geral > Configurar Conexão. Selecione “Configuração Manual do Proxy” e utilize os valores 127.0.0.1 e porta 8080.

Para configurar um proxy transparente, para que nenhum rebelde altere as configurações siga os passos aqui

Para criar uma política de acesso, é necessário ler e incrementar os arquivos de configuração. Dê uma olhada no diretório /etc/dansguardian/. Lá se encontram os arquivos necessários. Você verá que cada um deles possui um nome bem sugestivo. Basta abrir, editar e salvar. Há um tutorial muito bom sobre Dansguardian no Guia do Hardware, que se encontra aqui.
Caso também precise de um bom para o Squid, leia este aqui, também do Guia do Hardware.
Caso tenha outras dificuldades, comente o artigo que tentarei ajudar, ou então pergunte ao oráculo.

O Linux e seus bons garotos

Quem pensa que os usuários e programadores de Linux são todos bons garotos estão completamente enganados. Há um site que contém um gráfico mostrando a quantidade de palavrões encontrados no código fonte do kernel e também um outro que mostra diversos modos de fazer com que os programas retornem mensagens “engraçadas” como as conhecidas frases do aptitude e sudo que informam sobre os poderes de “Super Vaca” =P

Nunca viu nada disso? digite num terminal baseado em Debian

apt-get moo

Depois vá digitando adicionando “-v”, tal como o exemplo
aptitude -v moo
aptitude -v -v moo

Para cada vez que você digitar, ele retornará uma resposta =)

Fontes:
http://www.vidarholen.net/contents/wordcount/
http://www.eeggs.com/tree/1134.html
http://durak.org/sean/pubs/kfc/

Cuidando da aparência do Ubuntu

Um dos fatos que mais me fazem gostar de Linux é a possibilidade de fazer o que eu bem entender na interface, mudando cores, temas, ícones e o que mais eu quiser. Como apoio uso a ferramenta chamada Gnome-Art que facilita bastante o trabalho. O Gnome-Art é uma espécie de Synaptic de temas do site http://art.gnome.org. Sua instalação no Ubuntu e similares é bastante simples

$sudo apt-get install gnome-art

Depois de instalado, basta ir em Sistema > Preferências > Art Manager

Depois de aberto você terá que escolher uma categoria para que ele inicie o download (o processo pode ser um pouco demorado).
Agora só fazer o que sua imaginação (ou gosto) mandar =)
Indico o tema de ícones Gartoon e Yasis que são meus prediletos.

Veja no Flickr algumas imagens do meu Desktop

Fonte: http://www.vivaolinux.com.br/dicas/verDica.php?codigo=6747
http://osdir.com/ml/culture.publications.dicas/2006-07/msg02582.html

Powered by ScribeFire.

Instalando Pidgin no Ubuntu Feisty

Tutorial de como instalar o Pidgin, (antigo Gaim no Ubuntu Feisty). A instalação não substituirá o Gaim, você passará a ter ambos os programas. Os passos para instalação estão listados abaixo:

1 – Abra a source.list

sudo gedit /etc/apt/sources.list

2 – Adicionando as seguintes linhas ao final do arquivo e salve.

deb http://repository.debuntu.org/ feisty multiverse
deb-src http://repository.debuntu.org/ feisty multiverse

3 – Adicione a chave GPG

wget http://repository.debuntu.org/GPG-Key-chantra.txt -O- | sudo apt-key add -

4 – Atualize os repositórios
sudo apt-get update

5 – Instalando o Pidgin
sudo apt-get install pidgin

Depois de instalado, o Pidgin copiará as configurações do Gaim, portanto, só logar !
Aproveite também para verificar os plugins.
Fonte: http://www.debuntu.org/pidgin-2.0.0-deb-ubuntu-feisty-fawn
Com a colaboração de Rafael Cristian