Archive for the ‘trabalho’ Tag

Olá! Não morri!

Boa noite! Apesar de estar bastante sumido, queria dizer que continuo vivo!
Bem, de um tempo pra cá veio bastante mudança…

* Troquei de emprego (Livre de mesmas cansativas chateações)
* Fui chamado pelo Vladimir Melo para ajudar no Ubuntu-br;
* Viajei.
* Muitos porres.
* Aprendi muito inglês australiano (Thank’s Tim! The Caipinha is amiga yet)
* Fiz minha inscrição para o FISL9.0 (Obrigado Márcia Lima, te pago a cerveja prometida em Porto Alegre)
* Comecei a ensaiar um tema de mestrado para falar de aspectos sociais do software livre.
* Finalizei meus Dredlocks. (Sei… tou devendo a foto)

Como tenho passado todo o meu tempo livre ocupado com os estudos, estou meio sem tempo de ler e me atualizar, mas sempre que der passo aqui para postar algo.

Até
Leia também:

Anúncios

Djavan no Top 10 do Bugzilla ?

Visitando a lista semanal de Top 10 do Bugzilla, eis que me deparo com a seguinte imagem

Meu nome no sétimo lugar do Top 10 patch contributors? Queria então fazer como o Vladmir Melo, repetindo suas palavras “Gostaria de, orgulhosamente, dizer que estive, por instantes memoráveis, entre os top 10 colaboradores de patches no Bugzilla.

Translations of Gnome 100% done

Como anunciado por meus caros companheiros de trabalho, o GNOME 2.20 está 100% traduzido. Gostaria de parabenizar à todos pelo trabalho e digo que estou muito feliz por aceitarem minha humilde contribuição! Prometo me dedicar mais ao trabalho de tradução. Agradeço especialmente ao Leonardo pela ajuda! Como revisor de minhas traduções ele acaba fazendo comentários que me ajudam a trabalhar melhor! Como apontado pelo Og, o bacana é que a tradução direta do GNOME serve não somente para o Ubuntu, mas também para todas as outras distribuições que o utilizam. Novamente parabéns a todos!

Powered by ScribeFire.

Sobre a faculdade


Fiquei atônito com post do Karlisson sobre notas na faculdade. Um texto
que gostaria de ter escrito. Karlisson, algumas possíveis respostas para a sua pergunta:
“por que continuamos freqüentando os cursos de computação? Qual a maior
motivação para terminar cursos que ensinam coisas que todos nós sabemos
e/ou podemos aprender sozinhos em casa?”

1 – Para tentar entender o universo das possibilidades criadas dentro da faculdade
2 – Pelas sensacionais pessoas que geralmente conhecemos e acompanhamos na faculdade
3 – Por alguns bons professores que fazem conosco o que os professores realmente devem fazer, incentivar, mostrar a porta.
4 – Para aprender, entender e digerir todo o maldito processo de rigor científico [leia: metodologias de pesquisa, sempre citação de fontes, sempre referencial teórico, estatísticas, amostragem e toda aquela conversa de estar sobre o ombro de gigantes] que é o que realmente se espera de alguém que concluiu um curso superior [aqui estendendo a todos os cursos superior]. Sobre a questão das notas, essa foi uma coisa que aprendi: Só há reconhecimento para quem tira boas notas, sem importância para o que você possa ser lá fora, no mercado [lugar que a maioria dos professores não conhece]. Meio extremamente vaidoso e político a academia é… Ainda bem que aqui fora temos a “oportunidade” de quebrar isso um pouco.

Contribuição

É com grande satisfação que informo que estou contribuindo para a tradução do GNOME! =)

Meus agradecimentos aos membros Og Maciel e Raphael Higino que me esclareceram as dúvidas de iniciante.

Ajude também http://live.gnome.org/GnomeBR/Traducao/